Menu

Barra do Choça 24h
O que tá na Rede é noticia aqui! 

Reabertura de linha de crédito mais barata anima o mercado imobiliário baiano.

08 JAN 2018
08 de Janeiro de 2018

O anúncio da reabertura do programa Pró-Cotista destinada a trabalhadores com conta no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pela Caixa Econômica Federal trouxe expectativas positivas para o mercado imobiliário, embora o montante este ano seja de R$ 4 bilhões para emprestar aos cotistas, menos que os R$ 6,1 bilhões contratados na linha em 2017. A linha de crédito é a mais barata depois do Minha Casa Minha Vida, com taxas de juros que variam de 7,85% (clientes com débito em conta ou conta-salário) a 8,85% ao ano.

Entre os critérios definidos pelo Conselho Curador do FGTS, está o de que o saldo em conta vinculada dever ser de no mínimo 10% do valor da avaliação do imóvel ou 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS (não necessariamente consecutivos). O interessado não pode ser proprietário de imóvel no município (ou região metropolitana) onde mora ou trabalha, nem ser detentores de financiamento no Sistema Financeiro de Habitação em qualquer parte do país, para imóvel novo ou usado.

O teto para o valor do imóvel a ser adquirido é de R$ 800 mil e o prazo para pagamento é de 30 anos. O aumento no teto de financiamento para imóveis usados vale para contratos pelo Sistema de Amortização Constante (SAC), em que o valor das parcelas cai ao longo do tempo. Para unidades novas, não houve alteração e o percentual foi mantido em 80%.

A modalidade foi muito procurada nos últimos anos devido à falta de recursos de fontes com taxas equivalentes, como a caderneta de poupança. A participação da Pró-Cotista no total de financiamento imobiliário concedido pela Caixa saltou de 1% em 2014 para 13% até junho de 2017. …Leia na íntegra

Voltar

Criação  e administração de Site Rua. Dario Amorim, Nº 347 CEP: 45120-00  Barra do Choça - BA